terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Quanto vc gostaria que seu salário aumentasse?

Sim, eu sei. O blog anda abandonado. Aconteceram muitas coisas desde a última vez que eu postei. Descobrimos que problemas no ENEM estão sendo igual ao Natal: todo ano tem. Vimos a primeira mulher presidente do Brasil tomar posse. E, principalmente, vimos os nossos amados deputados se concederem um aumento de 61,7%.

Poxa, serão apenas R$10.000 reais de mais gastos por mês por cabeça. Uma mixaria!

Enquanto o nosso querido ministro Guido Mantega diz que um aumento de salário mínimo de R$ 540 é inviável para quem tem jornada de 40 a 44 horas semanais, um salário de mais de R$26000 para quem precisa trabalhar 3 dias por semana nos está sendo enfiado goela abaixo.

Obviamente, nós não iremos aceitar esse ultraje.

E foi com esse pensamento que conheci um movimento bastante interessante: o Proteste Minas.

O Proteste Minas é um grupo de jovens questionadores apartidários que está se formando e se fortalecendo. Já fizemos algumas manifestações e estamos conseguindo bastante divulgação, conforme exemplo abaixo:



O pessoal da GambiarraTV também cobriu nosso ato:




Então é isso, pessoal.

Somente nos unindo iremos mudar o que nos desagrada nesse país

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Verás que um filho teu não foge a luta...

Ao contrário do que eu esperava, ao invés de um debate de ideias inteligentes e aprofundado, vimos apenas trocas de acusações. Entre bolinhas de papel e Erenices Guerras, vimos o, com certeza, pior debate político da história deste país, desde que foi instaurado o voto direto.

Foi eleita a candidata “menos pior”.

Gostaria de parabenizá-la pela vitória e desejar um excelente governo. Que consiga dar continuidade ao projeto do governo Lula e faça investimentos maiores ainda na educação e na saúde.

Ao candidato derrotado, espero que seu partido se reúna ao governo e que eles consigam, não somente se opôr a todas as decisões, mas contribuir para o crescimento da nação a qual moramos e chamamos Brasil.

Claro que o foco político não deve ser somente na educação. Temos que diminuir a desigualdade entre as regiões, diminuir a dívida pública, fazer as reformas agrárias e tributárias, diminuir a violência... e por aí vai!

A gente pode ver que o trabalho de um presidente não é fácil. Aliás, de governo algum, é.

Que Dilma Roussef, nossa candidata eleita, e presidente (ou presidenta? haha) do Brasil a partir de 1º janeiro de 2011 consiga resolver esses problemas, ou deixar um caminho mais fácil para o próximo presidente brasileiro.

“Verás que um filho teu não foge a luta.”

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O Segundo Ato

Após longo período de inatividade, entre provas e mais provas da faculdade, finalmente consegui encontrar um tempo para falar sobre o segundo turno das eleições presidenciais desse ano.

Neles estão presentes as coligações “Para o Brasil Seguir Mudando” e “O Brasil Pode Mais”, encabeçados por Dilma Roussef & Michel Temer e José Serra & Índio da Costa.

Porém, ao contrário do que poderíamos esperar, não vemos um debate de ideias, de ideologias ou sequer de propostas. O que se vê nas propagandas políticas e debates são apenas trocas de acusações (fundamentadas ou não). São bonequinhos um dentro do outro, acusação de falsas promessas, briga sobre privatização.

O fato é que, infelizmente, como previ, o Brasil irá ter que escolher o menos pior.

Gostaria de salientar, que apesar de votar nulo, acho que o PSDB seria a pior escolha para o país no momento.

Precisamos de muito investimento na educação pública. Desde o antigo jardim de infância, até as instituições de ensino superior. O governo FHC serviu para provar que as instituições públicas não são prioridades para a Elite (http://emdefesadaeducacao.wordpress.com/ recomendo a leitura desse manifesto para que possam entender meu ponto.).

Continuo propondo o voto nulo. Mas, se você realmente irá votar, pense no futuro. Não é só pq a Dilma não conseguiu manter a loja de brinquedos dela aberta que ela não vai dar conta. (Aliás, que propaganda totalmente, com o perdão da expressão, babaca, né?).

(Ps. Candidata Dilma, por favor, aprenda a debater.)

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Que os palhaços entrem no picadeiro!

Senhoras e senhores, respeitável público pagante, o maior espetáculo da democracia brasileira irá se concretizar!

Ou recomeçar. Um novo ciclo está começando.
E a pergunta que paira no ar é: Dilma Roussef será eleita no primeiro turno?

Marina Silva, com sua onda verde, vinha em crescente nas pesquisas e seu belo desempenho nos debates, começou a ameaçar a segunda posição de José Serra, e até mesmo brigar por um possível segundo turno.

José Serra e Dilma Roussef,a ultima principalmente, quanto mais falavam nos debates, mais perdiam votos. É inviável que candidatos desse nível não consigam debater.

E o Plínio nos mata de rir com suas palhaçadas. (E eu gosto do esquerdismo dele haha)

Bom, é isso.
Torço para um segundo turno, para que se possa evidenciar mais ainda os problemas do Brasil e que a discussão acerca desses problemas possa chegar a um nível mais alto.

Boa sorte aos candidatos.
Vote consciente, caro leitor.
E meu voto já está decidido, faz tempo. Como não concordo com ninguém, nem com seus partidos políticos, VOTO NULO!

[Aos leitores que defendem a Marina, caso ela não vá para o segundo turno vcs votarão nulo?]

Que os palhaços entrem no picadeiro!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Sobre nulidade dos votos.

Como estamos em um meio de comunicação democrático, o meu amigo Luís Guadagnin escreveu um texto sobre a nulidade dos votos.
Segue abaixo, transcrito palavra por palavra da forma como foi escrito:

"Vamos anular as eleições! Votem Nulo!

Hoje eu recebi um e-mail com o título “É disso que o Brasil precisa: um susto nessa gente!
VOTO NULO!”. Ele falava sobre a insatisfação com os candidatos e sobre o assunto que será
tratado aqui: o voto nulo.

Um trecho do e-mail que mais me chamou a atenção:

“Campanha vai e campanha vem, você se acha na obrigação de escolher uma dessas figuras
(o tal do ‘menos ruim’) e com isso acaba afundando mais o nosso país !!! Você diz: ‘Nesse
caso, não temos saída!’. Engano seu ! O QUE VOCÊ NÃO SABE É QUE SE UMA ELEIÇÃO FOR
GANHA POR ‘VOTOS NULOS’ É OBRIGATÓRIO HAVER NOVA ELEIÇÃO COM CANDIDATOS
DIFERENTES DAQUELES QUE PARTICIPARAM DA PRIMEIRA!!!”

Não acreditem nisso! O autor anônimo desse texto, além de dizer que mais de 50% de
votos nulos anulam a eleição, fala da odisséia do eleitor ao votar no “menos ruim”. Ou seja,
além de passar uma informação errada, dá falsos exemplos, tentando convencer quem lê
de votar nulo.

Tal engano é muito comum, principalmente em épocas de eleição. Sim, realmente existe o
artigo 224 do Código Eleitoral que fala sobre a invalidação da eleição caso a nulidade dos
votos chegue a mais de 50%. O que esquecem de falar é que você não tem a opção VOTO
NULO na urna. Existem duas maneiras de votar em branco: escolhendo a opção BRANCO
e votando num número inválido. Essas alternativas não tornam seu voto nulo! Votos em
branco não são considerados na contagem final.

O que são votos nulos afinal? Leiam os artigos 220-222 do Código Eleitoral (http://
www.planalto.gov.br/ccivil/leis/L4737.htm). Aí estão as condições para que os votos de
uma urna, de um conjunto de urnas ou de uma seção eleitoral sejam anulados. Um voto
individual nunca será considerado nulo por opção do próprio eleitor.

A “Vergonha da Política” não é só ocasionada por políticos e candidatos, mas também por
seus eleitores. Por isso, mesmo com a insatisfação com os candidatos, pense muito bem
antes de votar. Não é errado votar em branco, mas você deixa outras pessoas decidirem o
futuro do seu país por vocês."

Apesar de discordar do ponto de vista do Luís, acho válida toda forma de manifestação consciente sobre política.

Contudo, em minha humilde opinião, o voto nulo é uma forma de protesto. Imagina o quão bonito seria se 80, 90% dos votos obrigatórios fossem considerados inválidos?
Qual seria a reação dos políticos ao ver esse tipo de manifestação?
Será que colocariam o Pinduca para ser candidato?
Acredito que a camada mais baixa da população, como o Zé das Couves, continuará votando em fantoches como a Dilma Roussef, o José Serra e derivados, é claro.

O que precisamos é de uma reforma eleitoral urgente em nosso país.
O voto não pode ser mais obrigatório, ou isso, ou devemos considerar os votos inválidos.

Precisamos de educação política, precisamos de pessoas responsáveis e candidatos dignos.

O voto é seu, é claro. Mas, por favor, pense bem antes de apertar o botão verde.
(Estou aberto a discussões e debates. Caso vcs conheçam algum, me chamem haha)

sábado, 18 de setembro de 2010

Tiririca será eleito...

Boa tarde a todos.
Como todos nós sabemos, nessas eleições não iremos votar apenas para presidente. Votaremos para deputado estadual, deputado federal e senadores.

O maior símbolo das eleições de 2010, ao contrário do que eu gostaria que fosse, é um símbolo de risadas dos anos 90.
Tiririca agora é líder das intenções de voto para deputador federal em SP.

Com o slogan 'Pior que tá não fica', ele vem conquistando votos de diversos eleitores.
E será mesmo que não fica?

O que um ex-palhaço de circo que nunca se envolveu com a vida política e afirma não saber a função dos nossos representantes na Câmara dos Deputados tem a acrescentar na saúde pública de nosso país?

Sabemos, infelizmente, que Tiriricas, Mulheres Peras e etc. são colocados em campanha apenas para atrair votos para a legenda e, assim garantir mais cadeiras na Câmara. Será que esse é realmente um sistema justo?

Até quando estaremos sujeitos a esse tipo de manipulação?

REFORMA POLÍTICA JÁ!

Pior que tá, fica, sim.
E pode ficar muito pior.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Escândalo da Receita e dona Erenice Guerra

É sempre com imenso asco que leio sobre escândalos em nossa alta esfera governamental. E é com mais tristeza ainda que percebo que essas vergonhas nacionais sempre tendem a ser escancaradas na época das Eleições.

Agora, o escândalo nacional do momento é o vazamento de dados da Receita Federal sobre pessoas ligadas ao candidato José Serra, do PSDB.
(Para quem não sabe o que está acontecendo, leia: http://politicaecidadania.atarde.com.br/?p=6094 )

Ora, sejamos sinceros, está todo mundo errado nessa história:
  • Não pode haver, de forma alguma (salvo exceção concedida pela Justiça), quebra de sigilo de cidadãos. Pode ser de sigilo telefônico, bancário, ou de qualquer outro tipo de segredo pessoal.
  • Aparentemente, a única proposta da chapa tucana atualmente é desestabilizar a candidata oponente concorrente ao pleito. Até que ponto será ético para o ex-governador de São Paulo se apoiar unicamente nesse escândalo? E as suas propostas para o desenvolvimento do Brasil? Pararam na genial ideia de colocar dois professores na mesma sala?
  • A Grande Mídia precisa voltar à faculdade de Jornalismo. O dever deles é ser imparcial e não apoiar abertamente um candidato. Nem criticar de forma caluniosa e, por vezes jocosa, do Partido dos Trabalhadores. Precisam lembrar que eles são formadores de opinião, e não apenas o interesse dos empresários.


Acredito que todos os envolvidos precisam ser punidos. Os que quebraram os sigilos, a chapa eleitoral que faz dos escândalos sua única campanha e a mídia que vem agindo de forma IRRESPONSÁVEL.

Hoje, enquanto eu voltava da faculdade para casa, ouvi no ônibus um senhor dizendo: “E essa vagabunda da Dilma vai ganhar. Sequestradora, assaltante de banco.... Vagabunda essa mulher! Absurdo ela ser presidente do Brasil! Você vai ver, vai vir as ASFARCS (sic) todas para o Brasil. Nós estamos perdidos.”

Alguém tem dúvida do poder da mídia sobre as pessoas, sobretudo, as mais simples?